Patrocinado
Início Direitos Moraes é alvo de protesto em Londres contra a censura imposta no...

Moraes é alvo de protesto em Londres contra a censura imposta no Brasil

protesto contra moraes e a censura em londres
Imagem: Rede X

Um grupo de brasileiros realizou um protesto em frente ao Península Hotel, em Londres, onde ocorre o 1º Fórum Jurídico – Brasil de Ideias, com a presença do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), além de outras autoridades brasileiras.

AINDA: Luciano Huck que indiretamente apoiou Lula, doa R$ 100 mil ao Partido Socialista Brasileiro, para Tabata Amaral

Com bandeiras do Brasil e cartazes agradecendo ao Elon Musk, dono da rede X, os manifestantes cantaram o hino nacional e fizeram discursos criticando as decisões do judiciário brasileiro e a “ditadura e a censura” que se instalaram no Brasil.

LEIA: “A democracia brasileira está morrendo em plena luz do dia”, afirma Wall Street Journal

“Estamos aqui, para lutar por nossas crenças, por nosso Deus, por nossa religião e é por isso que estamos aqui, nada mais é do que lutar contra a ditadura. Alexandre de Moraes, você é um ditador. O que você está fazendo com todos os brasileiros? Se você não quer ser contestado”, diz um dos manifestantes em um dos vídeos do ato.

MAIS: Governo Lula consegue recorde de endividamento do Brasil, e coloca Dilma em 2º lugar

Acesse as notícias que enriquecem seu dia em tempo real, do mercado econômico e de investimentos aos temas relevantes do Brasil e do mundo pelo telegram Clique aqui. Se preferir siga-nos no Google News: Clique aqui. Acompanhe-nos pelo Canal do Whastapp. Clique aqui

MAIS: A “farsa do Arcabouço fiscal de Lula” é apresentada em relatório

A manifestação foi mobilizada pelo brasileiro Alexandre Kunz, que confrontou o ministro Barroso durante uma palestra em Oxford. Ele mora na Inglaterra há mais de dez anos e tem passaporte britânico.
No vídeo de mobilização para o ato, Kunz diz que os ministros do STF estarão hospedados em um hotel na Inglaterra, cuja a diária custa em média R$ 7 mil, e questiona o motivo da realização de um evento que será realizado a portas fechadas e sem acesso para imprensa.

LEIA: Magistrado da Suprema Corte usa a expressão “nem a pau”, para negar entrevista à imprensa que foi barrada no evento de brasileiros em Londres

“O que eles têm de tão sigiloso para vir discutir aqui na Inglaterra? Sabendo que ele prezam por ditadura, por censura. Eis a questão. E quem está pagando tudo é você, e ninguém vai saber o que eles discutiram nesta. Por que essa comitiva exatamente agora, algumas semanas antes do Congresso Americano intimar Elon Musk para discutir o Twitter Files? O que estão tramando?”, diz Kunz.

O encontro com autoridades brasileiras em Londres é organizado pelo Grupo Voto, presidido pela cientista política Karim Miskulin, que em 2022, às vésperas da campanha eleitoral, promoveu almoço de Jair Bolsonaro (PL) com 135 empresárias e executivas no Palácio Tangará, em São Paulo.

VEJA: Milhares de brasileiros em Copacabana se unem a Bolsonaro pela liberdade de expressão e democracia


Segundo informações da Folha de São Paulo, a imprensa está impedida de acessar o evento e nesta sexta nem mesmo o acesso às áreas comuns do hotel foi permitido. “Dois andares do luxuoso hotel londrino foram reservados para os participantes —no total, 21 deles exercem funções públicas no Brasil. Nas mesas, há placas alertando os convidados de que é proibido fotografar, gravar ou editar falas dos participantes para matérias jornalísticas”, informa a Folha.

Além do ministro Alexandre de Moraes, o evento conta com apresenta dos ministros Gilmar Mendes e Dias Toffoli, bem como o ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, e o senador Davi Alcolumbre (União-AP).

Em nota, o Grupo Voto alegou que “o fórum é um evento privado” e no material de divulgação do evento consta que se trata de uma “missão internacional, perpetuando o espaço democrático e promovendo um diálogo construtivo em prol do avanço do Brasil”.

Receba conteúdo exclusivo sobre os temas de seu interesse! Confirme em sua caixa de e-mail sua inscrição para não perder nada

Sair da versão mobile
×