Alta da Taxa de Juros Americana - Como Impacta o Brasil?
Taxa de Juros Americana. O que temos com isso?

Taxa de Juros Americana

O Banco Central Americano (Fed) Aumentou a taxa básica de juros em 0.25%. Nos últimos dez anos este é o segundo aumento, sendo que o primeiro foi no final de 2015. Este aumento já era esperado ha vários meses. Era sabido que só ocorreria após as eleições presidenciais americanas, o que ocorreu.

Em seu comunicado o Fed mencionou que o aumento do emprego tem sido crescente nos últimos meses, e por consequência o desemprego vem caindo. A inflação abaixo de 2% também é outro ponto importante para a alteração da taxa.

Os Estados Unidos são considerados a economia mais segura do mundo. Um aumento da taxa de juros, ainda que pequeno, tem a capacidade de tirar recursos investidos em outros países e levar esse dinheiro para os EUA, provocando uma desvalorização das moedas. Com menos dólares no Brasil, o real fica mais fraco e o dólar sobe.

Segundo os economistas um país com baixo risco econômico e economia livre, como o americano naturalmente atrai investimentos quando a taxa de juros sobe. Por esta razão o mundo sempre esta atento as reuniões e relatórios do Fed.

Para os americanos o aumento da taxa irá encarecer preços imobiliários, financiamentos de veículos e linhas de crédito.

Alta da Taxa de Juros Americana – Como Impacta o Brasil?

Os reflexos da alta dos juros americanos no Brasil não é uma opinião unânime entre os especialistas. Alguns acreditam que este aumento já estava precificado e por esta razão as coisas continuarão andando no mesmo ritmo.

Outros já acreditam que a econômica e política interna do Brasil são um complicador atrelado ao aumento da taxa. Segundo a agência de classificação de risco Moody’s, o Brasil é um dos países emergentes que mais devem sofrer com a alta de juros dos EUA. A afirmação foi feita em 2015 quando a agência rebaixou o grau de investimento do país. No entanto, após o episódio houve o primeiro aumento da taxa de juros americana e o Brasil se saiu muito bem, no desafio.

Outro ponto que alguns especialistas levantam como possível consequência da alta dos juros americanos é o aumento dos custos para as empresas brasileiras que têm necessidade de buscar recursos no exterior para se financiar. “Elas terão de pagar mais caro em função de tudo isso”.

A notícia da elevação dos juros americanos provocou a queda da Bovespa e a alta do dólar. Isto é o que os especialistas chamam de “espasmos de mercado” que dura de um a dois dia. O fato ocorre porque as tesourarias precisam ajustar suas posições. Mas acredita-se que de forma geral o mercado já havia precificado esta alta e por esta questão não haverá grandes mudanças.

O recomendado é que durante alguns dias pessoas que não sejam muito experientes em operações de renda variável, não operem no mercado para evitar surpresas desnecessárias. Você também pode gostar de ler sobre margem de garantias.