Patrocinado
Início Finanças Moradores da Cohab protestam contra Haddad em evento com Lula. “Moradores estão...

Moradores da Cohab protestam contra Haddad em evento com Lula. “Moradores estão perdendo suas casas”

Haddad deixa gabinete em SP sem falar com a imprensa, após Lula

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, enfrentou protestos neste sábado (29), durante evento na Zona Leste de São Paulo. O ex-prefeito foi criticado por um grupo de moradores da Companhia de Habitação Popular (Cohab).

LEIA: Setor imobiliário alerta que reforma tributária vai aumentar tributação da casa própria e desenquadrar famílias

Com cartazes e gritos, o grupo culpava Haddad por ter vendido a Cohab para a SPDA, em 2016, quando então prefeito, e agora a empresa estaria tomando a casa dos moradores. Os cartazes traziam frases como “Proteção aos mutuários da Cohab”, “Fora SPDA” e “Revogação da cessão de créditos da SPDA!”.

Haddad pediu licença para os manifestantes, para que ele pudesse concluir sua fala, e disse que não estava entendendo o que eles diziam.

MAIS: Brasil é o último colocado em Eficiência Governamental no ranking global de competitividade

Se você quer receber informações gratuitas de como proteger seu patrimônio e se preparar para uma possível mudança de país, inscreva-se em nossa newsletter sobre o tema e receba semanalmente de forma gratuita dicas sobre o tema

MAIS: Fitch alerta que Brasil não seguiu ‘cenário-base’ previsto em melhora do rating

Lula não entendeu as críticas e interviu em favor do ministro, pedindo para que eles aceitassem conversar com ele no final do evento.

– Eu estou vendo uns companheiros e umas companheiras levantando um quadro pedindo não a não sei o quê. Eu não sei o que é, o que eu proponho é o seguinte: que vocês me esperem aqui depois que terminar e vocês vão conversar comigo para a gente saber o que é e como a gente pode resolver – disse Lula.

SAIBA: Arrecadação de impostos tem quinto recorde mensal consecutivo. Enquanto déficit continua crescendo

HADDAD PREFEITO DE SÃO PAULO
Em abril de 2016, Haddad assinou um documento cedendo à Companhia São Paulo de Desenvolvimento e Mobilização de Ativos (SPDA) a Carteira de Crédito Imobiliário da cidade, incluindo os créditos transferidos à prefeitura pela Cohab-SP.

Oito anos depois, moradores da Cohab de Cidade Tiradentes estão enfrentando problema com a SPDA. São ao menos 500 famílias em processo de despejo. O ato realizado no sábado mostrava o descontentamento desses moradores com o ex-prefeito da cidade.

O vídeo foi divulgado pelo perfil do instagram: @tiradentescid

MAIS: STJ contraria decisão do STF e determina pagamento de PIS e Cofins sobre restituição tributária

Acesse as notícias que enriquecem seu dia em tempo real, do mercado econômico e de investimentos aos temas relevantes do Brasil e do mundo pelo telegram Clique aqui. Se preferir siga-nos no Google News: Clique aqui. Acompanhe-nos pelo Canal do Whastapp. Clique aqui

AINDA: Após ser bloqueado na rodovia pelo MST Bolsonaro e Michelle arrastam multidão com gritos de “volta Bolsonaro”, no Pará

O contrato assinado por Haddad dá direito à SPDA de tomar o imóvel dos moradores em caso de atraso das parcelas. A cessão de créditos alterou os contratos de alienação fiduciária, assim, com 120 dias de atraso, os imóveis vão a leilão extrajudicialmente.

As consequências da cessão de créditos à SPDA segundo os reclamantes foram as seguintes: compromissos de compra e venda foram alterados para contratos de alienação fiduciária. Após 120 dias de atraso, os imóveis vão a leilão extrajudicialmente. Os moradores são surpreendidos e não conseguem negociar, pois as parcelas são triplicadas e os valores podem chegar a 20, 30, até 80 mil reais à vista, sem a possibilidade de parcelamento, afirmaram os manifestantes que querem o fim da SPDA.

A SPDA não se manifestou sobre o tema até o momento. Caso haja manifestação a matéria será atualizada.

Receba conteúdo exclusivo sobre os temas de seu interesse! Confirme em sua caixa de e-mail sua inscrição para não perder nada

SEM COMENTÁRIOS

Sair da versão mobile
×