Patrocinado
Início Resultados Lucro da Ambev sobe e receita líquida cai 1,3% no trimestre

Lucro da Ambev sobe e receita líquida cai 1,3% no trimestre

ambev otimistas
Patrocinado

A Ambev (ABEV3) divulgou lucro líquido consolidado de R$ 4,015 bilhões no terceiro trimestre, de acordo com balanço apresentado esta manhã. Apesar dos bons resultados, a receita líquida da empresa apresentou uma queda de 1,3% no conceito reportado, totalizando R$ 20,317 bilhões nos três meses terminados em setembro deste ano

O valor representa um crescimento significativo de 24,9% em relação ao mesmo período do ano anterior. O lucro líquido ajustado ficou em R$ 4,038 bilhões, 25,1% maior do que o do 3º trimestre de 2023.

Patrocinado

LEIA: Brasil está no terceiro lugar dos países mais endividados do mundo

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da Ambev ficou em R$ 6,584 bilhões. Esse valor representa um aumento de 17,6% em comparação com o mesmo período do ano anterior no conceito reportado e um avanço de 43,7% no conceito orgânico, que, segundo a empresa, reflete melhor o desempenho operacional da empresa.

SAIBA: TCU julga despesas de Michelle enquanto gastos e presentes de Janja são colocados em sigilo

Apesar dos bons resultados financeiros, a receita líquida da empresa apresentou uma queda de 1,3% no conceito reportado, totalizando R$ 20,317 bilhões. No entanto, considerando o conceito orgânico, houve um avanço significativo de 19,3%.

A Ambev destacou que o desempenho da receita líquida foi impulsionado pelo crescimento da receita líquida por hectolitro (ROL/hl), que registrou um aumento de 21,7%.

LEIA: Haddad deixa gabinete em SP sem falar com a imprensa, após Lula ignorá-lo

Entre para o Telegram do Investidores Brasil!
Acesse as notícias que enriquecem seu dia em tempo real, do mercado econômico e de investimentos aos temas relevantes do Brasil e do mundo.  Clique aqu
i. Se preferir siga-nos no Google News: Clique aqui.

VEJA: Carro diplomático do governo brasileiro trafica cocaína na Turquia

No Brasil, o volume de vendas da Ambev ficou praticamente estável, com uma queda de apenas 0,1%. Essa estabilidade foi resultado da queda no desempenho do segmento de cerveja (-1,1%), que foi compensada pelo crescimento de 2,8% do segmento de bebidas não-alcoólicas (NAB).

Nas operações internacionais da empresa, houve desempenho positivo na América Central e Caribe (CAC), com um crescimento de 13,6%. No entanto, o avanço foi mais do que compensado pela América Latina Sul (LAS, -9,4%) e pelo Canadá (-13,1%), onde os volumes de vendas foram impactados principalmente pela queda nas indústrias locais.

MAIS: “Governo brasileiro não quer aderir a OCDE para se relacionar com sul global uma visão de 1980”

A Ambev ressaltou que o crescimento da receita líquida de 19,3% representa o 13º trimestre consecutivo de crescimento de dois dígitos. Além disso, o desempenho do Ebitda ajustado, que registrou um aumento de 43,7%, é o sétimo trimestre consecutivo de crescimento acima da inflação.

A empresa espera alcançar um crescimento consistente e contínuo em termos de receita líquida e rentabilidade. A expectativa é superar o crescimento de 17,1% registrado em 2022 no desempenho orgânico consolidado do Ebitda ajustado, além de expandir a margem bruta e a margem Ebitda ajustado.

Patrocinado

SEM COMENTÁRIOS