AppLovin adquirido por Investidor Chinês por 4.2 Bi
Applovin vendida a chineses. - Foto Facebook

AppLovin adquirido por Investidor Chinês por 4.2 Bi

Diferente da maioria das Startups de tecnologia, a AppLovin em São Francisco não se aventurou ao tradicional Venture Capital. A empresa nasceu de recursos bootstrapped e já era promissora ao final do primeiro mês. Quando foi apoiada por um fundo de investidores anjo com 4 milhões de dólares.

Sobre a AppLovin 

AppLovin é uma plataforma para marketing digital de automação e análise para marcas que pretendem atingir novos consumidores via smartphones. A empresa aceitou vender a maioria de sua ações a  empresa chinesa Orient Hontai Capital pelo montante de 1.4 bilhões de dólares, cerca de 4.2 bilhões de reais. As informações do negócio foram comunicadas aos funcionários da empresa ontem pela manhã. A conclusão de todo o negócio deve ocorrer até o fim deste ano.

“Nós iniciamos a empresa há cinco anos quando era muito difícil os desenvolvedores de app se promoverem”, disse Adam Foroughi, CEO da AppLovin. Ainda segundo Foroughi, seu objetivo quando utilizou o suporte financeiro do fundo de investidores anjo, não era o dinheiro. “Pensei que eram pessoas influentes e poderiam ajudar o negócio crescer”.

A empresa gerou no primeiro mês 1 milhão de dólares, e no último ano algo em torno de 234 milhões de dólares. A previsão de faturamento para 2016 é que no mínimo seja o dobro do ano anterior.