Patrocinado
Início Cripto Blockchain Especulação sobre ETF leva Bitcoin para a máxima dos últimos 18 meses

Especulação sobre ETF leva Bitcoin para a máxima dos últimos 18 meses

mercado futuro de bitcoin

O bitcoin disparou nesta terça-feira (24), tendo alcançado o valor mais alto em quase um ano e meio, diante da crescente especulação de que um fundo de índice (ETF) de bitcoin é iminente.

LEIA: ‘Comício do Presidente do STF’ é questionado pelo Estadão

Entre para o Telegram do Investidores Brasil!
Acesse as notícias que enriquecem seu dia em tempo real, do mercado econômico e de investimentos aos temas relevantes do Brasil e do mundo.  Clique aqu
i. Se preferir siga-nos no Google News: Clique aqui.

VEJA: Peronistas distribuem lanche para eleitores na Argentina, denuncia analista político

Na véspera, o bitcoin subiu 10%, no melhor dia em quase um ano. A expectativa é que qualquer aprovação pela Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC) de um ETF de bitcoin alimentará a demanda.

Um ETF de bitcoin à vista possibilitaria o acesso de investidores antes desconfiados sobre criptomoedas ao ativo por meios tradicionais, dando início a uma nova onda de capital para o setor.

O bitcoin disparava nesta terça-feira (24), tendo alcançado o valor mais alto em quase um ano e meio, diante da crescente especulação de que um fundo de índice (ETF) de bitcoin é iminente.

MAIS: Mesmo com elevação de impostos arrecadação federal continua em queda

“O valor de…qualquer ativo, basicamente, é a quantidade de pessoas que o utilizam”, disse Steen Jakobsen, diretor de investimentos do Saxo. “Portanto, o ETF criaria um grande público e aumentaria a liquidez.”

O bitcoin, um ativo volátil cujo preço dobrou até agora neste ano, subia 9,6%, a 34.578 dólares.

Ações de empresas ligadas ao setor de criptomoedas, como a Coinbase e a MicroStrategy, subiam no pré-mercado.

A BlackRock está entre as várias grandes empresas financeiras dos EUA com pedidos pendentes de ETFs de bitcoin.

A especulação sobre uma provável aprovação foi alimentada pela listagem do ETF iShares, da BlackRock, no site da câmara de compensação DTCC. Não ficou claro quando ou por que o ETF iShares foi adicionado à lista da DTCC. A DTCC e a BlackRock não responderam imediatamente a pedidos de comentários.

VEJA: Conta do casal presidencial no Alvorada é milionária. O casal tem 11 motoristas

A expectativa também cresceu depois de reportagens neste mês, inclusive da Reuters, de que a SEC não recorrerá de uma decisão judicial de que errou ao rejeitar um pedido de ETF da empresa de ativos digitais Grayscale Investments.

Na semana passada, a BlackRock negou uma reportagem equivocada de que seu ETF havia sido aprovado.

SEM COMENTÁRIOS

Sair da versão mobile