Huawei deve fazer demissões em suas operações nos EUA

Huawei deve fazer demissões em suas operações nos EUA, segundo Wall Street Journal. Segundo o jornal, as demissões devem afetar os empregos da subsidiária de pesquisa e desenvolvimento da Huawei. Denominada Futurewei Technologies, que emprega cerca de 850 pessoas em laboratórios de pesquisa nos Estados Unidos.

As demissões se devem ao fato de a empresa chinesa de equipamentos de telecomunicações lidar com sua lista negra dos EUA. De acordo com a fonte, alguns funcionários já foram notificados de sua demissão. Contudo, mais cortes de empregos planejados podem ser anunciados em breve.

Ainda segundo a fonte, o número de demissões deve ser na casa das centenas. Os funcionários chineses da Huawei nos Estados Unidos estavam recebendo a opção de voltar para casa e permanecer na empresa, informou outra pessoa.

No entanto, os funcionários da Futurewei enfrentaram restrições para se comunicar com seus colegas. Colegas estes de escritórios da Huawei localizados na China.Tudo isto, em função da decisão do Departamento de Comércio Americano. Deixando a Huawei em sua chamada lista de entidades.