20.8 C
São Paulo
segunda-feira, junho 17, 2019

Infidelidade financeira destrói relacionamentos

Infidelidade financeira destrói relacionamentos

Infidelidade financeira destrói relacionamentos. Em um casamento existe uma série de responsabilidades. Entre elas, está o controle das finanças do casal, que precisa ser feito de maneira cuidadosa e transparente. Tudo isto para que o casal não enfrente problemas com o orçamento e acabe tendo a própria relação comprometida.

Antes mesmo do casamento o casal precisa pensar e estrutura como será a vida financeira. Isto porque, após casar não se pode mais fazer o que bem entende com seu dinheiro. Tudo precisa ser compartilhado pelo casal.

Os efeitos da infidelidade financeira podem gerar muito estresse, brigas, desavenças, e provocar fins catastróficos: uma dívida escondida no cartão de crédito, por exemplo, pode crescer descontroladamente, afetando a relação do mais apaixonado dos casais.

Após o casamento o individuo perde a liberdade de fazer o que quiser com seu dinheiro. Ambos devem planejar os gastos e despesas em conjunto.

Existem pesquisas que provam que homens e mulheres apesar de capacidade intelectual equivalente, utilizam diferentes áreas do cérebro para a solução de tarefas. No entanto, os homens cometem a infidelidade financeira pois quando compram, costumam comprar itens mais caros. Bons exemplos são carro novo, relógio, computador ou celular, entre outros.

Em contrapartida, as mulheres compram itens normalmente bem mais baratos. Entretanto, a infidelidade financeira não é caracterizada apenas por fatores que prejudicam o orçamento familiar, como compras e endividamentos.

As causas da infidelidade financeira

Existem pessoas que mantêm economias e contas bancárias escondidas de seus cônjuges. Normalmente isto ocorre porque um dos dois provoca desconfiança no outro, decorrente da má gestão financeira.

Como exemplo, um cônjuge descuidado com suas finanças ou que realize investimentos muito arriscados, seja em aplicações financeiras ou até mesmo em empresas. Isto pode fazer com que o outro cônjuge esconda parte de suas reservas financeiras para não prejudicar o padrão de vida familiar.

O casal precisa ter consciência que problemas financeiros são grandes causadores de divórcios ao redor do mundo. A infidelidade financeira, por sua vez, é a causa de brigas e estresses que poderiam ser facilmente resolvidos com um pouco de empenho dos casais.

Se você esta passando por algo semelhante em seu relacionamento. Nossa recomendação é que haja transparência e diálogo na relação a dois. Além disso, é fundamental que o casal realize seu controle financeiro pessoal e que os cônjuges tracem os objetivos que desejam atingir de forma conjunta. Isso fortalece a confiança e o convívio.

Outra sugestão é que o casal torne-se membro do Clube Investidores Brasil. Nós temos diversas ferramentas para ajuda-los a entender a situação financeira da sua família e lhe mostrar como é possível atingir os objetivos desejados de forma planejada e com transparência entre o casal.

Juntos vocês poderão aprender e traçar metas de desenvolvimento para serem atingidas, com a segurança financeira que sua família precisa.

error: Conteúdo Protegido-Entre em contato que liberaremos sua publicação