Subscrição de ações do Banco Inter para aumento de capital

0
172
Subscrição de ações do Banco Inter para aumento de capital

Subscrição de ações do Banco Inter para aumento de capital. A decisão foi comunicada ao mercado, após decisão do conselho administrativo do Banco. o Banco Inter, BIDI4, irá emitir 1,502 milhão de novas ações. As datas de corte para subscrição são 24/08 e 31/08.

Contudo seguirá a seguinte proporção, dessas, 779.201 serão ordinárias e 723.514 serão preferenciais. A adesão às ações será realizada por meio de subscrição particular.

Segundo o banco, “será assegurado o direito de preferência na subscrição das novas ações aos acionistas que compuserem a posição acionária no banco em 3 de julho de 2020”. Os investidores da instituição financeira poderão exercer o direito de preferência na proporção de 0,213773% sobre a posição acionária detida.

No entanto, o Inter determinou que as ações ordinárias serão precificadas em R$ 8,604 por unidade, com um deságio de 20% sobre a cotação média dos últimos 10 pregões. Com a mesma base comparativa, as ações preferenciais serão negociadas a R$ 9,844 por papel, com deságio de 20%.

Entretanto, as units serão vendidas a R$ 28,292 por papel, respeitando a proporção de 1 ação ordinária e 2 ações preferenciais. A base são as médias dos fechamentos apurados nos últimos 10 pregões. A fintech estabeleceu tais preços para “estimular os acionistas minoritários do banco a participarem do aumento de capital”, afirmou o banco.

Contudo, é importante ressaltar que as ações e units adquiridas a partir de 6 de julho não farão jus ao direito de preferência (negociação ex-subscrição), bem como aos juros sobre capital próprio (JCP), em negociação ex-JCP.

O que é subscrever

Neste caso especificamente, o banco comunicou que os investidores poderão utilizar os créditos líquidos decorrentes dos JCP, aprovado pelo Conselho de Administração. Isto para subscrever as novas ações, sem exceção à retenção de 15% de imposto de renda retido na fonte, a menos que o acionista seja comprovadamente imune ou isento de tal tributação.

Exercer o direito de subscrição de uma ação significa comprá-la, e assim aumentar seu portifólio naquela empresa.

Você também pode vender seu direto de subscrição caso não tenha capital para comprar a proporção que tem direito. Assim alguém que queira subscrever as ações poderá comprar seu direito.

Todo o processo de subscrição você realiza na instituição financeira onde tem suas ações em custódia Em suas custódia você verá a quantidade que tem direito a comprar (subscrever). Caso tenha alguma dúvida sobre como fazer a subscrição, consulte a ajuda de seu banco ou corretora.

Por que subscrever

As razões precisam ser avaliadas:

Evitar uma diluição na participação acionária;
Comprar ações com desconto;
Aumentar o potencial dos juros compostos.

Facebook Comments