Dólar tem maior queda dos últimos três meses

0
196
Dólar tem maior queda dos últimos três meses

Dólar tem maior queda dos últimos três meses, a influência foi devido as ações do Banco Central norte-americano. A queda aconteceu nesta sexta-feira, 28. Desta forma, o dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 5,416. No entanto, isto significa um recuo de R$ 0,163 (-2,93%). O que significa que esta foi a maior queda percentual em um dia desde 2 de junho, quando a moeda tinha caído 3,23%.

Enquanto o dólar apresentava queda, o mercado de ações teve um dia de euforia. A causa de ambos os movimentos foi a nova estratégia divulgada pelo Fed.

O índice Ibovespa, da B3 (a bolsa de valores brasileira), fechou em alta de 1,51%, aos 102.143 pontos. Por causa do desempenho de dia, o índice encerrou a semana com leve alta acumulada de 0,6%. Em agosto, o Ibovespa cai 0,75%.

Contudo, aos olhos do mercado a mudança de abordagem do Federal Reserve (Fed), Banco Central dos Estados Unidos, pode significar longo período de baixas taxas de juros. Juros mais baixos na economia norte-americana reduzem a atratividade do dólar como investimento.

Entretanto, vale a pena lembrar que além dos fatores internacionais, a alta do Ibovespa foi influenciada pelos juros baixos. Com a taxa Selic , que são os juros básicos da economia, no menor nível da história, em 2% ao ano, investidores domésticos estão migrando para a bolsa em busca de rentabilidades maiores, apesar do risco do mercado de ações.

Facebook Comments