Agência de crédito internacional eleva perspectiva para nota de crédito do Brasil

0
714
Agência de crédito internacional eleva perspectiva para nota de crédito do Brasil

Agência de crédito internacional eleva perspectiva para nota de crédito do Brasil. Nesta quarta-feira a agência de classificação de risco de crédito Standard and Poors elevou de estável para positiva, a perspectiva para o rating de longo prazo em moeda estrangeira do Brasil.

Contudo, a nota do país está três graus abaixo da categoria “grau de investimento”, selo concedido a economias cujas dívidas soberanas são consideradas de baixo risco de calote. Em outras palavras, o Brasil perdeu o grau de investimento em 2015. Em momento de deterioração fiscal e à retração da economia.

Veja também:

Dívida do PIB deve ter pico em 2020, segundo previsão do Tesouro.

Bradesco deve pagar R$4,2 Bilhões em juros sobre capital próprio complementar.

A Standard and Poors explicou que as medidas de consolidação fiscal iniciadas pelo governo, aliadas à redução da taxa de juros e à agenda de reformas, devem contribuir para um crescimento mais forte. E também para a perspectivas de investimentos ao longo dos próximos três anos.

No entanto, de acordo com a agência, a nota do país também pode ser elevada se a dinâmica de crescimento do PIB começar a se comparar favoravelmente com países de nível de desenvolvimento econômico semelhante.

Em contrapartida, a agência observou que o fortalecimento do perfil externo do país, a despeito da volatilidade global também pode contribuir com a elevação da nota.

Facebook Comments