Patrocinado
Início Resultados Banco do Brasil reporta alta no lucro, porém aspectos negativos podem desagradar...

Banco do Brasil reporta alta no lucro, porém aspectos negativos podem desagradar investidor

BB Reporta Maior Lucro da História
Patrocinado

O Banco do Brasil (BBAS3), reportou nesta quinta-feira lucro líquido ajustado de 9,44 bilhões de reais, alta de 4,8% frente ao mesmo período do ano passado, em resultado marcado por aumento nas provisões para créditos de liquidação duvidosa para 9,983 bilhões de reais.

O resultado ficou acima das previsões compiladas pela LSEG, que apontavam lucro líquido de 9,12 bilhões de reais.

Patrocinado

LEIA: Judiciário e Executivo estão alinhados contra Bolsonaro, afirma monitor da democracia

Acesse as notícias que enriquecem seu dia em tempo real, do mercado econômico e de investimentos aos temas relevantes do Brasil e do mundo pelo telegram Clique aqui. Se preferir siga-nos no Google News: Clique aqui.

AINDA: Novo PGR tem primeira atitude para frear STF e contesta decisão de Toffoli em multa da J&F

O número é 11,4% maior que o registrado um ano antes (R$ 32 bilhões) e se aproxima das expectativas do mercado. Analistas consultados pela Bloomberg previam um lucro de R$ 35,22 bilhões.

O crescimento no lucro foi impulsionado pela alta de 27,4% na margem financeira bruta, com maiores volumes e taxas nos empréstimos e receitas de juros dos títulos em tesouraria.

SAIBA: Após novo recorde de público de Bolsonaro e fracasso de Lula, PF faz operação contra ex-presidente e seus aliados

Especialistas dizem que o indicador de inadimplência segue comportado, conforme esperado. Ao fim do quarto trimestre de 2023, o índice de inadimplência INAD+90d (relação entre as operações vencidas há mais de 90 dias e o saldo da carteira de crédito classificada) subiu para 2,92%.

Segundo economistas é possível observar quatro pontos interessantes:

  • lucro;
  • carteira de crédito;
  • despesas; e
  • inadimplência.

O lucro de R$ 9,44 bilhões no quarto trimestre do ano passado superou as expectativas do mercado, graças ao aumento do volume e das taxas de empréstimos e receita dos juros em tesouraria.

A carteira de crédito conseguiu crescer em base anual, com ênfase para o avanço do segmento pessoa física. No caso das despesas administrativas, que subiram a R$ 9,3 bilhões, a especialista chama atenção para o impacto advindo com despesas de pessoal.

LEIA: Banco Safra avança e adquire Guide investimentos

Enquanto outras empresas do setor estão reduzindo quadro de funcionários, o banco terminou o ano com mais colaboradores e agências.

Olhando para o conjunto de informações o resultado deve ser lido de uma forma positiva, reforça. Um indicador bastante olhado por investidores, o ROE subiu de 21,6% para 22,5%, colocando o retorno sobre o patrimônio líquido do BB como o maior quando comparados com bancos pares, segundo analistas.

VEJA: Com prejuízos milionários investidores abrem processos contra XP e denunciam por crime financeiro

Patrocinado

SEM COMENTÁRIOS