Leilão do pré-sal deve ser valorizado após ataques na Arábia Saudita

0
446
Leilão do pré-sal deve ser valorizado após ataques na Arábia Saudita

Leilão do pré-sal deve ser valorizado após ataques na Arábia Saudita. A afirmação feita nesta segunda-feira,16, é do diretor-geral da ANP, Décio Oddone. Contudo, ele avalia que o ataque feito por drones no último sábado a instalações de petróleo na Arábia Saudita vai aumentar o interesse de companhias estrangeiras do setor em participar dos leilões de petróleo no Brasil. Os leilões estão programados para os meses de outubro e novembro.

No entanto, alguns especialistas do mercado financeiro acreditam que o ataque também traz impactos a este setor. Do lado mais amplo e incerto, [o ataque] levará à elevação da tensão geopolítica na região.

Veja também

Fluxo de óleo de petrolífera é interrompido após ataque

Softbank quer dobrar posição no Banco Inter.

Em relação aos impactos econômicos globais, há a alta do preço do petróleo. Isto já está ocorrendo, mas que não deve se perpetuar devido à retomada da produção saudita nos próximos meses. Ou ainda, ou à expansão da oferta por parte de outros participantes da Organização dos Países Exportadores de Petróleo, Opep.

Em contrapartida, o Índice Ibovespa, da B3, fechou o dia em alta de 0,17%, com 103.680 pontos. As ações preferencias da Petrobras, PETR3 e PETR4 foram as mais negociadas do pregão. Elas tiveram uma alta de 4,39%. As ações ordinárias também fecharam em alta de 4,52%.