18.9 C
São Paulo
quinta-feira, julho 18, 2019

Manipulação de Preços de Ativos é Analisada pela CVM

Manipulação de Preços de Ativos
Manipulação de Preços de Ativos é Analisada pela CVM

Manipulação de Preços de Ativos é analisada pela CVM. Após análise do caso pela área técnica da CVM foi decidido pela responsabilização dos quatro acusados pela prática de manipulação do preço das ações JSLG3 no mercado. Referente aos negócios realizados em 23, 26, 29 e 30/12/2014 pela própria Companhia no âmbito do seu programa de recompra. A divulgação ocorreu por meio de fato relevante de 3/11/2014.

No caso de Haitong, após tomar conhecimento de modo privilegiado de que a Companhia promoveria a apreciação da cotação das ações JSLG3. A empresa se antecipou ao movimento da JSL S.A. A prática é conhecida como front running. Por esta razão a manipulação de preços de ativos foi verificada.

Após a análise a CVM firmou acordo com os acusados. A JSL S.A. deverá pagar à CVM do valor de R$ 8.700.000,00 atualizado pelo IPCA. A atualização será a partir de dezembro de 2014 até seu efetivo pagamento. O montante será pago em 3 parcelas mensais e consecutivas.

Já Fábio da Costa Castro, gerente de relações com investidores e emissor de ordens de negociação em nome de JSL. Ele deverá pagar à CVM o valor R$ 500.000,00.
O Haitong Banco de Investimento do Brasil S.A. na qualidade de investidor deverá pagar à CVM do valor de R$ 207.000,00. O correspondente ao triplo da vantagem financeira obtida com as operações e atualizado pelo IPCA. Atualização a partir de dezembro de 2014 até seu efetivo pagamento.

Ubirajara Augusto da Silva, também investidor deverá pagar à CVM do valor de R$ 69.000,00. O que corresponde a uma vez a vantagem financeira obtida com as operações. O valor será atualizado pelo IPCA, a partir de dezembro de 2014 até seu efetivo pagamento.

error: Conteúdo Protegido-Entre em contato que liberaremos sua publicação