O que se sabe sobre a Vice de Haddad?

0
27
O que se sabe sobre a Vice de Haddad?
O que se sabe sobre a Vice de Haddad?

O que se sabe sobre a Vice de Haddad?

Muito se tem falado sobre os candidatos a disputa eleitoral no país em 2018. Notícias falsas e também verdadeiras. Dentre os candidatos a figura menos conhecida no cenário nacional é a candidata a vice-presidência de Fernando Haddad, Manuela Pinto Vieira D Ávila.

Em um país onde os vices tem  encontrado cada vez maior participação na condução da sociedade estas figuras também precisam ser conhecidas de forma mais analítica e ponderada. Ha exemplos mais recentes como o de Michel Temer, Itamar Franco e José Sarney, que tornaram-se presidentes.

Manuela D Ávila que já esta na carreira política há muitos anos. De militante estudantil, a vereadora e em seguida deputada. Depois que se elegeu deputada não mais abandonou a função, apenas revesando entre câmara federal e estadual até a presente data. Seu último trabalho neste sentido junto a Câmara Federal foi em 22/04/2014, conforme consta no próprio site oficial da Câmara.

Manuela (PCdoB), Partido Comunista do Brasil, desistiu de ser candidata à presidência para ser vice de Fernando Haddad (PT), que assumiu a cabeça de chapa após a impugnação da candidatura de Lula, que esta preso, para presidente nas Eleições 2018.

Nascida em Porto Alegre (RS), Manuela tem 36 anos e é filha de uma juíza e de um engenheiro. Formou-se em Jornalismo pela PUC-RS. Também cursou Ciências Sociais na UFRGS, mas não concluiu essa graduação.

Ingressou na política por meio do movimento estudantil, na União da Juventude Socialista (UJS) – um braço do PCdoB, partido ao qual está filiada até hoje. Integrou a direção nacional da UJS e foi vice-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE). Em 2004, foi eleita vereadora de Porto Alegre.

Dois anos depois, venceu a eleição para a Câmara dos Deputados, com a maior votação no Rio Grande do Sul para o cargo. Reelegeu-se em 2010. No Congresso, relatou o Estatuto da Juventude – lei que garante direitos aos jovens. Disputou duas vezes a prefeitura de Porto Alegre: em 2008 (terceira colocada) e 2012 (segunda mais votada).

Viagem em missão oficial

Enquanto deputada federal Manuela realizou em Abril de 2014 viagem em missão oficial aos Estados Unidos para participar da I Brazilian Undergraduate Student Conference (BrazUSC) Encontro de estudantes brasileiros no exterior.  As missões oficiais, regulamentadas pelo Ato da Mesa 31/2012. Elas devem ser utilizadas pelos deputados a convites de Parlamentos de outros países e organismos internacionais com os quais a Câmara se relaciona. mediante solicitações de deputados, comissões permanentes e temporárias e grupos temáticos.

Entre os organismos internacionais dos quais a Câmara faz parte estão o Parlamento do Mercosul (Parlasul), o Parlamento Latino-Americano (Parlatino), a Assembleia Parlamentar da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (AP-CPLP), a União Inter-Parlamentar (UIP), o ParlAméricas, a Confederação Parlamentar das Américas (Copa), o Fórum Parlamentar Ibero-Americano.

O objetivo da viagem segundo a deputada em seu relatório, foi a troca de experiências e discutir possíveis parcerias para Universidades Brasileiras. Também em seu relatório a deputada informa que aproveitou a viagem para palestrar na Worcester Polytechnic Institute(WPI).

Se de fato a viagem trouxe algum retorno ao país não é sabido. As parcerias não ocorreram e também ficariam a cargo do Ministério da Educação e das próprias Universidades.

De acordo com o portal de transparência da Câmara dos Deputados foram repassados à deputada para a viagem  3,5 diárias a custo de R$1078,28 cada, e passagem aérea classe executiva.

A Função do Deputado Federal

As funções dos deputados são propor leis, discuti-las e aprová-las (funções comuns à atividade de senador), além de debater políticas públicas, fiscalizar o Poder Executivo,
autorizar processo contra o presidente da República e aprovar o Orçamento da União — conjunto de leis formadas pelo Plano Plurianual (PPA), Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e Lei Orçamentária da União (LOA).

A candidata a vice-presidente pelo PT teve uma nobre atitude ao se interessar por participar da primeira edição de um encontro estudantil brasileiro no exterior. Encontro que continua se desenvolvendo e este ano já em sua quinta edição contará com palestrantes como: A Ministra do STF Carmém Lúcia, Pedro Malan, economista brasileiro, é o atual presidente do Conselho Consultivo Internacional do Itaú Unibanco, Bruno Rocha, popularmente conhecido como “Hugo Gloss”, blogueiro brasileiro.

No entanto, esta viagem seria cabível para prestigiar o evento brasileiro no exterior, e desta forma deveria ser custeado com verbas próprias. O objetivo da viagem não é aplicável a regra de uma viagem em missão oficial. Nem tão pouco preenche as atribuições de um deputado federal. Como poderia ser classificada esta utilização do dinheiro público?

Quase nada se especula sobre a possibilidade de a vice de Haddad vir a se tornar Presidente da República, como ocorreu com Michel Temer entre outros. Isso parte do fato de o PT estar com suas chances de vitória bastante reduzidas diante da busca da sociedade por mudanças. O outro fato é Lula, que em uma muito remota vitória de Haddad, será de alguma forma reconduzido ao poder. Todas as informações constantes nesta matérias estão disponíveis nos links oficiais.