americanos vaiaram o nadador
Os americanos vaiaram o nadador durante Reality Show

Ryan Lochte e suas lições

Ryan Lochte é um exemplo do que não se deve fazer para manter sua carreira. Vamos refletir sobre Ryan Lochte e suas lições. O nadador americano dono de 12 medalhas Olímpicas não tem nenhum motivo que realmente justifica a sucessão de besteiras que andou fazendo no Brasil.

Todo atleta é empreendedor de sua carreira. E o caminho para tornar-se um atleta bem sucedido é longo e árduo. No entanto, o nadador após ter conquistado todo o percurso regrediu por conta de seu comportamento.

Após o caso do falso assalto no Rio,  além de tornar-se motivo de vergonha para os americanos. O nadador perdeu seus quatro patrocínios: Speedo, Ralph Lauren, Airweave e Syneron Candela.  A atitude de Ryan deve causar um grande baque em suas finanças. Visto que a publicidade corresponde a cerca de 92% de sua receita. Ainda há a possibilidade se ser suspenso da natação por um período. Talvez não possa participar dos próximos Jogos Olímpicos no Japão.

É importante que se perceba que a carreira é algo que se constrói dia a dia. Ser bem sucedido e vitorioso naquilo que se faz não é garantia de que esta condição será mantida para sempre. O que constrói sua carreira também pode destruí-la, ou seja, suas atitudes e comportamentos são mandatórios.

No entanto, o tempo para se destruir uma carreira é infinitamente mais curto do que o gasto para erguê-la. Cuide se sua inteligência emocional e de seu psicológico. Eles são os responsáveis pelas decisões que toma. existem profissionais especializados que poderão lhe ajudar nesta etapa, caso você percebam que algo não anda bem.

Obviamente o comportamento do nadador no posto de gasolina somados a criação da narrativa do falso assalto mostram que Ryan não esta em seu melhor momento interior. Embora tenha demonstrado ótimo momento profissional nas piscinas.

Imagem: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ryan_Lochte