Por Organização Criminosa e Obstrução da Lava Jato Temer é Réu Mais uma Vez

Por organização criminosa e obstrução da Lava Jato Temer é réu mais uma vez. Agora já somam seis os processos nos quais o ex-presidente Michel Temer é réu. A decisão foi da Justiça Federal em Brasília tornou o ex-presidente réu em mais um processo. Ele vai responder por organização criminosa e por tentar obstruir as investigações da operação Lava Jato.

A acusação foi oferecida pelo então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em 2017 ao Supremo Tribunal Federal. A mesma era referente ao episódio em que Temer teria incentivado o delator Joesley Batista, da J&F, a pagar propina ao ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha para que ele permanecesse em silêncio e não fizesse um acordo de colaboração premiada.

No entanto, a acusação feita por Janot foi paralisada até Temer deixar a Presidência. E assim que Temer perdeu o foro privilegiado o MPF de Brasília recebeu a denúncia.

Também são réus no processo os ex-ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral), pelo crime de organização criminosa.

O Advogado de Michel Temer declarou que o ex-presidente nunca integrou organização criminosa nem obstruiu a Justiça.

O juiz Marcus Vinícius Reis Barros foi o responsável por aceitar a denúncia apresentada pelo Ministério Público. A decisão ocorreu na última sexta-feira e foi divulgada na segunda-feira, 06. Mais uma reviravolta para o ex-presidente que chegou a ficar preso preventivamente por uns dias em março por outro processo.