A melhor forma de “quebrar a banca” no day trade

0
724
a melhor forma de quebrar a banca

A melhor forma de “quebrar a banca” no day trade. Independentemente se você já opera no mercado financeiro, ou esta começando, este texto pode mudar sua vida. Contudo, a decisão do caminho a seguir será sempre sua e de mais ninguém.

Já atuo no mercado ha tempo e estudo bastante o assunto. E nestes anos todos vi muita gente ganhar muito dinheiro, mais muito dinheiro mesmo! Quer entender como isso é possível? Então terá quer ler até o final, se parar no meio do texto não conseguirá chegar ao “baú do tesouro”.

Eu vou iniciar sua caminhada rumo ao “tesouro” contanto primeiro a trajetória do Bruno Cortes, isto porque este caso esta em voga no momento que escrevo este texto. Ele sempre se interessou pelo mercado financeiro, embora fosse profissional de Sistemas. Seduzido por comentários de amigos e propagandas de corretoras, buscou informações, fez cursos de day trade investiu em algum conhecimento que julgou de pessoas relevantes. E então desde novembro do ano passado, juntou-se aos cerca de 40 mil brasileiros que tentam viver da especulação no mercado. Em outras palavras, aqueles que querem renda extra, ou ficar rico no day trade.

Bruno aos 33 anos, tinha um emprego que lhe rendia R$ 10 mil por mês além de uma reserva de R$ 60 mil no tesouro direto. Um cara que já estava em um patamar sonhado por milhões de de brasileiros.

Veja também:

Vai investir em ações? Você precisa saber disto.

Seduzido pelos videos de youtube, grupos telegram e inúmeras propagandas de corretoras e vendedores de soluções milagrosas ele sacou as economias do Tesouro Direto. E então depositou o valor como garantia em uma corretora e passou a comprar e vender minicontratos futuros de dólar e de Índice Bovespa.

Bruno seguiu o conselho número um que rola no mercado, que é usar a alavancagem. Que em algumas corretoras lhe da a fantasia de estar correndo risco pequeno. Isto porque você negocia com centavos apenas, “para ganhar até milhões”.

Contudo, estes tipos de investimentos elevam a adrenalina do trader ao máximo. O trader tem de ganhar não só de outros traders. Precisa também ganhar dos investidores profissionais, como tesourarias de bancos, fundos de investimento e empresas, com seus grandes departamentos de análise e robôs. Sem contar o risco de problemas nos sistemas das corretoras que atrapalhem a liquidação de uma operação no momento certo.

O tão sonhado paraíso

Bruno, chegou a lucrar R$ 100 mil com a especulação. O sucesso foi tanto que ele começou a ser procurado por amigos e conhecidos que queriam aprender também suas técnicas para ganhar dinheiro na bolsa. Montou então uma página no Instagram, na qual mostrava suas principais operações e os lucros que obtinha. Algo que também já é comum encontrar por ai. “Os vendedores de sucesso enlatado”.

Entretanto, como já é do conhecimento dos verdadeiros especialistas em mercado, “não existe almoço grátis”. Em um único mês, as perdas chegaram a R$ 70 mil, quase tudo que ele tinha guardado no Tesouro Direto.

Em contrapartida, ele passou a se dedicar ainda mais ao mercado, tentando de alguma forma recuperar o que havia perdido. Operava todo dia, de casa ou do trabalho, o que acabou por atrapalhar seu desempenho e provocar uma advertência do chefe. Aos poucos, o day trade acabou se tornando um vício. Ele ia para o trabalho, contudo seu foco era apenas o day trade e nada mais importava.

A mudança de vida finalmente chegou

Bruno chegou a conclusão que o trabalho e as pessoas eram responsáveis pelos seus resultados negativos. Para resolver isto começou então a faltar ao trabalho para se dedicar às operações em bolsa.

Como retorno pela sua extrema dedicação aos trades ele estourou os limites na corretora em que operava, acumulando uma dívida. Então tentando reverter seu desempenho foi trocando de corretora a cada nova perda,. Operou nas principais do mercado, como Clear, Modal, Rico e Genial. O sistema de controle de inadimplência, de aviso ao mercado, que impediria que ele abrisse conta em uma corretora devendo em outra, não funcionou, e ele foi aumentando o prejuízo.

Bruno era conhecido e admirado por ser inteligente e extrovertido. No entanto, parou de sair de casa, só queria operar na bolsa, buscando recuperar os prejuízos, comentou sua esposa. A esposa de Bruno passou a se preocupar e questionar o que estava acontecendo. Mas, diante da insistência dela, ele parou de contar o que se passava.

Notando a mudança no marido, ela insistiu e o fez procurar um psicólogo, que detectou depressão e receitou remédios e terapia. Cortes, porém, não quis fazer o tratamento. “Meu problema é dinheiro, se a psicóloga me der dinheiro, eu vou”, dizia ele.

O exemplo de um vencedor

Em contrapartida, Cortes começou a utilizar o limite da conta do cheque especial no banco, um valor alto, para financiar as operações. Ao perceber que não tinha mais limite recorreu a esposa para vender o carro e pagar as dívidas. Entretanto, utilizou o dinheiro, mais R$ 80 mil, no mercado. Perdeu tudo. Ele estava casado ha um ano e meio e então pediu R$ 16 mil para esposa para pagar as dívidas que faltavam. O dinheiro também sumiu no day trade.

No último 19 de Julho ficou em casa em virtude de uma reforma em seu apartamento. Entretanto, as 10:30h da manhã sua esposa recebeu uma ligação da polícia em seu trabalho. Ao chegar na delegacia a esposa de Bruno foi comunicada que seu marido havia pulado do 14º andar do apartamento que moravam.

Quando a esposa chegou no apartamento o computador estava aperto no site da Bovespa. Segundo sua esposa, naquela manhã ele havia perdido R$37 mil.

A herança de Cortes

Atualmente, a esposa de Bruno esta em depressão. Isto ao descobrir que ele deixou uma dívida de R$ 285 mil no banco. Referente a empréstimos para cobrir os prejuízos no mercado. Além disso, tinha dívidas de R$ 50 mil em uma corretora e R$ 30 mil em outra. Ela passou a ser cobrada por corretora, isto porque Bruno havia aberto uma conta em nome dela em uma corretora sem seu conhecimento. Embora ela não soubesse desta conta, tinha uma dívida de R$ 25 mil.

O caso de Bruno tocou você de alguma forma? Este é um caso real, e resolvi tratar este assunto pois muitas pessoas estão vivendo esta mesma situação e não se dão conta. Eu mesma conheço uma pessoa muito querida que esta passando por isso. E você deve estar se perguntando: E como eu quebro a banca? Ainda vou chegar lá! Como mencionei inicialmente o Bruno foi só o começo da caminhada para o “Baú do Tesouro”.

Uma última consideração sobre o caso do Bruno. Em suas redes sociais ele postava sempre como vencedor, até seu último post. Não fosse sua esposa contar a verdade, jamais tudo isto seria publicado. Ninguém saberia que a cada R$ 10 mil ganhos R$20 mil eram perdidos. Porque ninguém sabe a realidade do outro. Apenas o que ele mostrar e pode ser tudo “editado”.

Qual a verdade comprovada sobre o assunto?

De acordo com estudos realizados pela Fundação Getulio Vargas (FGV) através dos professores Fernando Chague e Bruno Giovannetti, o resultado não melhora com a prática. Os dados mostram que o desempenho do day trader não melhora à medida que ele persiste na atividade.

Ocorre o oposto, na realidade, piora. “Essa última evidência é crucial e desmente as propagandas que vendem esta ideia. Em geral propagada feita por especialistas das corretoras. Que afirmam que os day-traders melhorariam com a experiência e que, portanto, deveriam persistir”, afirmam os professores. O estudo foi feito com o apoio da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O estudo ainda evidencia que as pessoas com alguma vulnerabilidade emocional correm muito mais risco ao entrar em um day trade de mercados futuros. O coordenador do centro de Estudos em finanças da FGV, William Eid afirma: “Se você der uma busca por day trade no Google, vai se deparar com um sem número de artigos e anúncios de cursos falando que este é o caminho para a independência. E infelizmente, uma montanha de inocentes acredita”.

Industria de fazer dinheiro

E a industria da corretagem faz qualquer negócio para continuar lucrando. Afinal é necessário que se tenham os perdedores para que os grandes continuem vencendo e lucrando. E é para isso que servem os “vencedores das redes sociais”. De acordo Eid, isto é chamado de “síndrome do beijo no baile”.

“Nos tempos de rapaz, nós só contávamos para os amigos sobre as garotas que tinha aceitado nosso beijo. Nunca das que nos deram tapas”, diz. “É igualzinho o day trade, se alguém perde, não conta, só conta dos dias que ganha”.

E então, qual sua opinião sobre o day trade? Qual sua fórmula para o sucesso? Você tem ideia de qual caminho seguir para achar o “Baú do tesouro”? Pois de fato ele existe! Já descobriu onde ele esta? Então continue a leitura porque vamos chegar lá!

Os principais vieses do day trade para a industria

Vou falar aqui de alguns deles apenas os principais, e então você pode verificar se os identifica em você ou não.

Excesso de confiança: você acha que é capaz de vencer o mercado sozinho. Você ignora informações e pessoas que te contrariam.

Autocontrole: você acredita que já aprendeu a lição e agora vai dar certo. Acaba voltando a arriscar para tentar ganhar o que perdeu. Isto porque pensa que tem autocontrole, mais isto mostra o oposto. Você tem a ilusão pode afetar os eventos futuros ou dominá-los. Mesmo que não se tenha nenhuma influência sobre eles, como é o caso dos preços do mercado.

Representatividade: você acha que o especialista ou o amigo falando do ganho que obteve no day trade é mais representativo do que o fato de você ter perdido. E acha que você que precisa melhorar.

Sua conclusão

E então, se identificou com algum deles? O fato é que isto é um mercado de riqueza infinita. Não há limites para os ganhos. Contudo, esta riqueza infinita não acontece para você day trader. Ela esta ao alcance e é o objetivo da industria do mercado financeiro. Este mercado é cada vez mais potencial e rico. Cresce na proporção de quanto mais day traders existirem e então quanto mais operações fizerem diariamente.

Isto significa que se esta industria esta crescendo e enriquecendo alguém esta ficando mais pobre. Quem será? Tem alguma ideia?

Talvez se eu usar as palavras do professor Eid aqui fica mais fácil para você descobrir quem esta enriquecendo e quem esta empobrecendo. ” Existe um grande número de pessoas e empresas que ganham com esse tipo de mercado e que incentivam seu crescimento. “Sempre lembro que quem ganhou mais dinheiro na febre do ouro da Califórnia foram os fabricantes de picaretas”, ironiza Eid. “Os exploradores mesmo, gastaram todo o dinheiro que ganharam.”

E ai esta preparado para pegar seu “Baú do tesouro”? Talvez você esteja pensando que meu objetivo aqui é te convencer a não fazer day trade. Errou e de longe! Até porque, embora eu tenha experiência no mercado e seja uma investidora bem sucedida creio que não alcançaria este objetivo. Existe uma industria muito forte e em crescimento. Sem falar no lobby gigante que ela produz.

Você vai gostar:

Lições para mulheres sobre dinheiro.

Contudo, o que quero é te mostrar o caminho de “quebrar a banca”, como diz o título deste artigo só isso! E porque estou fazendo isso? Simplesmente porque se eu não conseguir tirar esta pessoa tão querida que mencionei acima deste buraco sem fundo. Poderei ajudar outras a saírem e contribuir para que algumas não caiam nele.

O verdadeiro caminho para “quebrar a banca” é entender que não existe dinheiro fácil. E que a riqueza também é construída dia a dia. Não é imediata ou questão de poucos meses como muitos “funcionários da industria do mercado” pregam.

Quando desenvolvemos nosso conhecimento embasado em fundamentos sólidos de grandes investidores ao longo da história, criamos uma base sólida para desenvolver nosso patrimônio como eles o fizeram e fazem.

Aprendemos a fazer de fato o dinheiro trabalhar para nós de forma consistente e dinâmica. Nada de roleta russa e fórmula mágica! Assim é a mente do investidor de fato vencedor.

Um desafio

Um desafio que você pode se fazer para ver se de fato o day trade é um bom caminho para você é o seguinte: Some todo o dinheiro que perdeu até hoje em day trade inclusive as corretagens e taxas.

Então pegue este valor e aplique nele a taxa paga pela poupança no período correspondente. Agora compare o dinheiro que você tem atualmente e que de fato é fruto de rendimento, ou seja, ganho de day trade, com o valor que teria se tivesse deixado todo o dinheiro que uso em day trade aplicado na poupança.

Qual a conclusão? Sei que você tem hoje bem menos dinheiro do que se você tivesse deixado seu dinheiro na poupança. Isto porque qualquer bom investidor nem considera poupança investimento. Atualmente os rendimentos da poupança são mínimos. Mas é certo, que até a poupança teria feito mais por você que o day trade.

A decisão é sua! Entenda, não é você que não sabe fazer day trade! Ele não é investimento para pessoas comuns, é só isso! Ele é ótimo para a industria do mercado.

Seu Baú do Tesouro

Eu me comprometi a te mostrar o caminho para “quebrar a banca”, e encontrar o “baú do tesouro”. E então estou cumprindo minha promessa. Seu real tesouro é sua família e as conquistas que você já possui.

Elas podem não ser tudo o que sonha, mais são suas você já as conquistou! E se parar para pensar, vai se lembrar de que teve que lutar muito por elas. Vai botar tudo a perder agora? Jogar no lixo? Deixar de lado para outro passar e levar na moleza?

Sua família e o pouco ou muito dinheiro que você tem, somados a sua capacidade de aprender serão capazes de fazer com que você ao longo do tempo construa um patrimônio sólido. Pode acreditar!

Por agora paro por aqui. Continuarei lhe dando dicas em outros conteúdos e estou a disposição caso queira deixar seu comentário. Eu lhe mostrei o caminho. Agora se você esta com a mente e o coração prontos para vê-lo e segui-lo é com você. Espero que você esteja. Infelizmente a pessoa muito querida que me inspirou a escrever este texto ainda não esta. Espero e torço para que ela e você não sigam o caminho errado, como escolheu o Bruno.

Um forte abraço e até a próxima.